As melhores características do advogado líder no escritório de advocacia moderno

Em um recente artigo, Roger Hayse, consultor americano especialista em Escritórios de Advocacia, cita os atributos essenciais para o atual líder nas sociedades de advogados modernas. Para este advogado são necessárias algumas características importantes, que na visão do consultor americano são:

Adaptabilidade:

Não é novidade que o mercado está mudando. Rápido. Mais competição, novos modelos de trabalho, uma economia global. O que funcionou ontem pode não mantê-lo vivo amanhã.

Carisma:

Não há dúvida de que um líder precisa ser capaz de se conectar e motivar as bases do Escritório. Carisma é o meio pelo qual a confiança pode ser conquistada.

Comunicação:

Um entendimento claro por todos os integrantes do Escritório das questões e oportunidades relevantes para a estratégia e operação é essencial. Líderes talentosos possuem a habilidade de convencer e comunicar para um dos caminhos que deverão ser seguidos e as razões para tanto.

Convicção:

A liderança é uma estrada tortuosa. Para ter sucesso, os líderes eficazes têm de manter o curso quando as dificuldades aparecem no caminho da Sociedade de Advogados.

Em um artigo recente, Roger Hayse, consultor americano que é especialista em Escritórios de Advocacia, citou os atributos essenciais para o atual líder nas sociedades de advogados modernas. Para este advogado, são necessárias algumas características, que você deverá acompanhar neste texto:

Curiosidade:

Para ser curioso, o Líder do Escritório deve ter uma mente aberta para várias opções e fatores relevantes para definição da estratégia e tomada das decisões adicionais.

Determinação:

Isto pode ser particularmente difícil para o líder advogado, treinado para ver todas as formas em que as coisas podem dar errado. Mas, na realidade do mercado atual, é preciso ser capaz de ver alternativas, avaliar o risco/benefício e tomar uma decisão rapidamente.

Delegação:

Os maiores líderes entendem que ninguém pode fazer tudo. A sabedoria e a capacidade de aproveitar o tempo pessoal e talentos, formar equipes altamente competentes, e delegar a responsabilidade define o quanto será alcançado.

Experiência como líder:

Muitos líderes de escritórios de advocacia ganham a sua primeira experiência em liderar pessoas quando são, enfim, escolhidos pelos sócios para essa tarefa. Todo mundo comete erros. Em um mercado em evolução, estamos constantemente aprendendo. Mas a complexidade da liderança no escritório de advocacia não é um laboratório ideal para ganhar experiências iniciais. Cursos e literatura específica, como ajuda de consultores externos, poderão aumentar significativamente a assertividade do líder.

Humildade: 

Grandes líderes reconhecem o seu papel de servo dos seus sócios e dos parceiros. Muitas vezes o ego exacerbado do Líder pode trazer custos desnecessários ao Escritório, especialmente por sua vaidade.

Integridade/Honestidade:

Honestidade e integridade são requisitos indispensáveis em todas as profissões. Mas, como vimos em muitas sociedades nos últimos tempos, isso não vem ocorrendo como deveria.

Autoconhecimento:

Os líderes não se enganam. Eles têm uma consciência de quem eles são – das fraquezas pessoais e pontos fortes. Eles entendem o que estão fazendo, como eles estão realizando, como eles estão sendo recebidos, o que está funcionando e o que não. Esta consciência fornece a base para a melhoria.

Inteligente:

Há um grau de inteligência necessária para assimilar, avaliar, decidir e comunicar.

Visionário:

É quase impossível liderar sem uma noção clara do caminho. Nem todos os profissionais possuem a capacidade de ver como a sua empresa pode navegar com sucesso o cenário competitivo de amanhã.

O Consultor Finaliza o artigo estabelecendo que a lista não é taxativa, existindo vários outros atributos para os líderes bem sucedidos. Termina convidando o leitor a escolher os cinco atributos mais importantes.

Resumindo o artigo de Roger Hayse:

Em suma, para o autor, o líder que merece ser seguido é aquele que se fundamenta no que é certo, sabe onde o escritório está indo, pode mudar conforme o mercado caminha, tem consciência no autoaperfeiçoamento e tenha feito isso antes.

Afinal, qual dessas qualidades podemos melhorar em nossos escritórios?

O texto em inglês está disponível em:

http://www.managinglawfirmtransition.com/2014/07/what-are-the-top-5-attributes-of-a-law-firm-leader/

Talvez você se interesse nesse conteúdo!
 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados